top of page
  • Foto do escritorBerlitz Comunicação

Restaurantes Corporativos: maior liberdade nasescolhas, alimentação “caseira” e saudável

Restaurantes corporativos são tendência mundial que, além de manter momentos de

interação entre colaboradores e equipe, oferecem experiências que engajam, retêm

talentos e proporcionam agilidade em servir alimentos frescos e saudáveis.

 

Indispensável dizer que o isolamento social imposto pela pandemia trouxe um novo

estilo de vida à população ao permitir maior flexibilidade na rotina. Tornou-se ainda

prioridade para muitos no mercado de trabalho. Enquanto o futuro aponta para a

possibilidade do modelo híbrido de trabalho, muitas empresas que pendem mais para

o formato de trabalho presencial encontram diversos desafios que vão além das

questões meramente corporativas.

 

A implementação dos restaurantes corporativos tem crescente aceitação também no

Brasil. Além de manter momentos de interação entre colaboradores e equipe, estes

restaurantes oferecem experiências que engajam, retêm talentos e, principalmente,

proporcionam agilidade em servir alimentos frescos e saudáveis.

 

Essa é a proposta do Grupo Risotolândia por meio da marca Risotolândia Restaurantes

Corporativos – o Grupo Risotolândia tem ainda outras seis marcas em diversos

segmentos -, que tem em seu portfólio grandes empresas, como as farmacêuticas BD

(Becton Dickinson) e Abbott, o Grupo Positivo, a TAM Aviação Executiva, entre outras.

 

Para servir milhares de refeições coletivas todos os dias, a Risotolândia Restaurantes

Corporativos tem como premissas o olhar para a qualidade, as sobras diárias de

comida, sustentabilidade e o fornecimento de alimentos frescos, gostosos e,

principalmente, saudáveis.


As cozinhas eficientes trazem modernidade na preparação dos alimentos e levam em

conta técnicas, processos, certificações de qualidade e equipamentos de alta

tecnologia, dispostos de forma planejada no ambiente, garantindo maior eficiência

desde o processamento da matéria prima ao servimento das refeições.

 

Diversificar para atrair!

Com o retorno às atividades presenciais, o mercado corporativo se viu diante de uma

necessidade: permitir maior liberdade para que os profissionais façam escolhas

individuais. Uma das tendências que chegou e já mostra resultados são as inovações

em serviços de alimentação.

 

Quando existe um ambiente moderno, bem decorado, propício à integração entre os

colaboradores nos momentos de intervalo para refeições e, principalmente, com uma

gama de opções que traz quase a mesma liberdade ao profissional para escolher o que

quer comer como se estivesse em casa, a empresa está investindo em uma experiência

diferenciada de alimentação que vai muito além de um benefício.

 

A implementação de um restaurante corporativo atende tanto para engajar e reter

talentos como proporcionar melhor qualidade de vida e saúde aos colaboradores.

Nesse sentido, há uma série de benefícios em termos de saúde, que ao fim e a cabo

contribuem para o bem-estar geral e a produtividade no ambiente de trabalho.

 

Na prática, e estritamente com foco na saúde dos colaboradores, as empresas podem

oferecer opções nutricionais balanceadas, conscientizar e introduzir a cultura em prol

de escolhas alimentares mais saudáveis e nutritivas, oferecer porções mais controladas

- o que evita excessos e desperdícios -, reduzir a dependência de refeições rápidas (e

pouco saudáveis), evitar deslocamentos e ainda atender preferências individuais e

necessidades dietéticas, como opções vegetarianas, veganas, sem glúten, entre outras.


 

Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT)

Embora não seja obrigatória a participação, o Grupo Risotolândia aderiu ao Programa

de Alimentação do Trabalhador (PAT), por ser premissa das suas atividades e alinhado

ao seu core business, tanto pela importância da alimentação do trabalhador quanto

por identificar que a alimentação nas empresas representa muitas vezes a única ou

principal refeição daquelas pessoas e famílias.

 

A alimentação do trabalhador estimula o bem-estar e, por consequência, aumenta a

sua produtividade e seu desempenho profissional. Contempla ainda, por exemplo,

benefícios como sociabilidade dos colaboradores, integração entre funcionários,

gestores e empresa, redução no número de faltas por doenças e diminuição dos

atrasos na volta pós-intervalo.

 

Por ser uma referência no segmento de alimentação coletiva e oferecer soluções

variadas, o Grupo Risotolândia também auxilia outras organizações interessadas em

aderir à prática do PAT.

  

Case - variedade e liberdade de escolha nas refeições!

Localizada em Araucária, na RMC de Curitiba, a A1 Engenharia (empresa provedora de

soluções integradas para plantas industriais e geração de energia) tem em sua planta

industrial um restaurante corporativo desde 2017. Mas, foi no início de 2023, com os

novos hábitos e necessidades trazidos pela pandemia, que a organização priorizou a

alimentação no seu planejamento de gestão de pessoas e atualmente já dedica mais

de 20% do tempo do time de RH exclusivamente à alimentação. “Nós passamos por

um choque cultural muito grande. Ficamos muito tempo em nossas casas e tivemos

liberdade de comer aquilo que queríamos. Por isso decidimos inovar o conceito do

nosso restaurante e, com toda a expertise da Risotolândia Restaurantes Corporativos,

transformamos o antigo refeitório em um espaço que promove experiências


gastronômicas diferenciadas todos os dias para motivar ainda mais a nossa equipe

neste novo momento”, fala Jheyme Barreto, gerente de Rh da A1.

 

No restaurante da A1, que serve diariamente 350 refeições entre café da manhã,

almoço e jantar, tudo foi modificado. “Quando a equipe voltou do recesso de final de

ano e se deparou com a novidade de um restaurante totalmente modernizado, com

novos móveis, louças, plantas e, principalmente, com um novo conceito de

atendimento e oferta de cardápios temáticos diariamente, tivemos a certeza de que

alimentação não é apenas um benefício. Aqui ela é o motivo pelo qual nosso time tem

ainda mais vontade de vir trabalhar e aproveitar este merecido tempo de intervalo

para estar mais perto dos colegas de trabalho, num movimento de integração que,

acima de tudo, é fundamental para os nossos negócios. Esta aproximação impulsiona

contribuições coletivas e a criatividade”, complementa a gerente da RH da empresa.

 

Além do buffet tradicional, a Risotolândia trouxe à A1 formatos inovadores de menu,

com pratos diferenciados que podem ser reservados previamente pelo colaborador,

além de opções vegetarianas feitas à base de proteínas vegetais para um público

flexitariano que cresce a cada dia. A pesquisa “O Consumidor Brasileiro e o Mercado

Plant-Based 2022”, realizada pelo GFI Brasil, mostra que 28% dos brasileiros já se

definem como flexitarianos, um estilo de alimentação que reduz o consumo de

proteínas animais. O grupo (mais do que veganos e vegetarianos que são apenas 4%

dos consumidores) é o principal público-alvo da indústria de proteínas alternativas

vegetais à base de plantas.

 

Na A1, a Risotolândia também implantou serviço de lanchonete durante todo o

expediente, espaço de chá e café, além de fazer reposição de produtos para o mercado

da empresa.


“É um case para o mercado corporativo. A A1 investiu de forma pioneira em uma

diversidade de serviços que permite aos seus colaboradores a liberdade de escolha.

Esta liberdade, além de motivar internamente, desperta o interesse de novos talentos

e valoriza a imagem externa dos negócios. Estamos otimistas com esta parceria que já

existe há seis anos, mas que se reinventou ao fortalecer uma tendência que veio para

transformar o cenário dos restaurantes corporativos”, comenta Carlos Humberto de

Souza, Diretor Presidente do Grupo Risotolândia.

 

“Antes divulgávamos o cardápio da semana. Agora deixamos todos na expectativa e

fazemos das nossas refeições um verdadeiro evento, no qual os colaboradores são

sempre surpreendidos com algo diferente.  Sexta-feira, por exemplo, era um dia que

muitos não almoçavam por aqui. Preferiam sair almoçar fora, mudar a rotina. Hoje

temos uma adesão muito superior, quase que total, e tudo isso só tem sido possível

pois temos um time de atendimento sempre próximo. As profissionais do restaurante

conhecem cada colaborador e estão sempre conversando com eles, não apenas para

ouvir e evoluir, mas para tornar nossos profissionais parte do importante processo de

alimentação que sabemos o quanto é fundamental para que eles se sintam felizes e

dispostos no dia a dia”, acrescenta Jheyme.

 

Para ela, a parceria com a Risotolândia na execução deste audacioso projeto, trouxe

tranquilidade para promover o bem-estar e saúde na empresa, deixando para eles

apenas a preocupação de focar nas operações diárias e produtividade da equipe.  “O

cardápio é pensado de modo que nós, da A1, possamos aproveitar o espaço que

ocupamos na rotina de cada colaborador para mostrar o quanto a refeição é

importante nas nossas vidas e reforçar que a satisfação do nosso time em relação ao

serviço de alimentação não contribui apenas na melhora qualidade de vida, mas

também da produtividade e engajamento com a empresa”, finaliza a gerente. 


Site Grupo Risotolândia: https://risotolandia.com.br


Informações à imprensa:

Berlitz Comunicação

Ricardo Berlitz – Relacionamento com a Imprensa (Região Sudeste)

(11) 9.9645-2067


Imagens para divulgação




















Crédito da foto: divulgação Risotolândia

1 visualização

Comments


bottom of page